Skip to content

A Literatura de Cordel nas comemorações do bicentenário do Paraguai

15/04/2010

Encuentro Internacional de Poetas - Paraguay 2010

Agora bem recentemente, em março, tive a honra de participar de um grande Encontro Internacional de Poetas, em Assunção, capital do Paraguai. Com ampla cobertura da mídia, teve como tema “La Poesía como Espacio de Libertad”, onde foi abordado mais especificamente o protagonismo da poesia nos tempos modernos.

Este evento de intercâmbio cultural foi um dos principais marcos dos festejos em comemoração ao bicentenário da Independência da República do Paraguai e realizou-se no salão bicameral do Congresso, com a participação ativa de membros da comunidade literária, estudantes, blogueiros e público em geral.

Logo Bicentenario de Paraguay 2010

Estiveram presentes artistas representando diversos países, como Brasil, Cuba, Venezuela, Argentina, Uruguai, México, França, Estados Unidos, Taiwan e Líbano, além do próprio anfitrião, Paraguai.

Edilene Matos, Antonio Barreto e Marco Haurélio

Juntamente com este cordelista, a delegação brasileira foi formada pelo meu colega nas artes da literatura de cordel, Marco Haurélio, e pela professora e escritora Edilene Dias Matos. À nossa direita, na foto acima, o poeta norte-americano Indram Amirthanayagam.

Marco Haurélio

O companheiro Marco Haurélio é blogueiro, poeta popular, editor, folclorista e autor de vários folhetos de cordel, assim como de livros infantis e infanto-juvenis. É um dos fundadores do grupo cultural Caravana do Cordel, atualmente presença marcante na cena cultural paulistana.

Edilene Matos

Edilene é doutoura em Comunicação e Semiótica/Literaturas pela PUC de São Paulo, com Pós-Doutorado em Literatura pela USP. Atualmente é Professora-adjunta da UFBA. Publicou vários artigos em periódicos especializados e 11 livros, em várias edições. Atua na área de Letras e Artes, com ênfase em Cultura Brasileira, Literatura Brasileira, Poéticas da Voz e Interfaces da Literatura com outras artes.

Antonio Barreto - Cordelista

Na ocasião, tive a oportunidade de participar de mesas redondas, além de cantar e comentar os cordéis de minha autoria. Pude discorrer sobre a nossa Literatura de Cordel para a rádio FM Concert e também numa entrevista à jornalista Milia Gayoso Manzur, que foi publicada no maior periódico paraguaio, o La Nacion, onde pode ser lida a íntegra em espanhol.

Anúncios
2 Comentários leave one →
  1. 07/03/2011 9:53

    Parabéns, Barretón!

    Boas lembranças!

  2. Deisi Tavares permalink
    13/05/2010 22:46

    Boa noite!

    Sabe aquelas pessoas, que não sabem escrever uma linha poética? Sou eu! Mas que fica deslumbrada, quando encontra coisas lindas? Também, sou eu! Fiquei emocionada e encantada, com sua poesia.
    Um amigo me apresentou você, através de um e-mail, e vou escrever para agradecê-lo. Não sem antes agradecer a você.
    Obrigada por nos arrancar as palavras, que ficam presas na garganta.
    Saúde e paz.
    Deisi.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: